ENCONTRO COM A AUTORA: ELOÍ BOCHECO

Conversa com a escritora e lançamento do livro Olha a Cocada!
Ed. Movimento.
Local: Barca dos Livros. 

Dia 23 (sábado)
17 h – gratuito

A AUTORA

Eloí E.  Bocheco é formada em Letras pela UPF e  pós-graduada em Alfabetização e Metodologias de Leitura. Atuou como professora de crianças e jovens, trabalhou como animadora da biblioteca escolar, foi coordenadora do ensino de língua e literatura, dentre outras atividades ligadas ao ensino. Em sua trajetória como educadora teve sempre a literatura como grande aliada na criação de vínculos afetivos com o livro e a leitura por acreditar nos efeitos lúdico-reflexivos da ficção e da poesia.

Iniciou na literatura em 1998 escrevendo crônicas para o Jornal A Notícia, de Joinville SC. Editou vários livros para o público infanto-juvenil, dentre os quais,   Uni.. Duni.. Téia (Prêmio  Boi-de-mamão da Câmara Catarinense do Livro), Beatriz em trânsito ( Prêmio Mário Quintana, Catálogo de Bolonha e White Ravens), Pomar de brinquedo ( poesia), Histórias pra boi não dormir ( nonsense), Contra feitiço, feitiço e meio ( narrativa infantil).  Tem no currículo um  livro para o EJA – Batata cozida, mingau de cará (tradição oral) – premiado pelo MEC com o Literatura para Todos, o relato ficcional Não vá embora Clarice!, prêmio  Leia Comigo! da  FNLIJ, um livro teórico, para educadores Poesia infantil: o abraço mágico. Escreve crônicas, como as do livro Pedras Soltas ( EDUFSC), selecionado  pela  Academia Catarinense de Letras, livro do ano, na categoria crônicas,  em 2008.

Foi  redatora no Palácio Santa Catarina  e colaborou, durante  dez anos, com a pauta  do Jornal de LIJ  O Balainho, da Universidade do Oeste de SC-UNOESC

Para conhecer mais sobre seu trabalho,  visite:

http://wwwsaladeferramentas.blogspot.com

http://wwwprosaseversos.blogspot.com

http://wwwbrincarcompoesia.blogspot.com

O LIVRO

Olha a Cocada! narra  a história de três crianças com trajetórias de vida marcadas por grandes sofrimentos, perdas e adversidades.

Através da imaginação,  as crianças dão  asas ao sonho  de mudança da realidade hostil e projetam o mundo que desejam para si mesmos e para toda a comunidade onde vivem.

Os alunos da professora Letícia recebem como tarefa escrever o livro de suas vidas. Luis não sabe por onde começar a contar sua história e pergunta à profa. se vale começar um livro por uma parte triste. “Por que não?” – ela lhe pergunta e, então, ele começa a contar sobre sua relação com o pai que está preso.

A lenda de Ícaro, lida e comentada com a professora,  gera a ideia das asas invisíveis que o sol não  pode derreter e ninguém  pode roubar,  e que se  alimentam de idéias e sonhos.

A história de Luís se enreda na história de Lúti, colega de classe e  amiga,  que tem a “asas de dentro” enormes. Ao escrever o livro de sua vida, Lúti o escreve no futuro e inventa a “outra vida” que deseja para si e para todos os moradores de sua comunidade. Diante dos olhos admirados do amigo, a menina encena a realidade que vislumbra através do sonho.

Usando a palavra inventiva,  golpeia a rotina adversa, chama às falas “os que mandam no mundo” para que “mandem direito” e cuidem de todas as pessoas, projeta seu futuro como alfabetizadora de crianças, e propõe pontes em vez de muros entre as gentes.

TRECHINHOS

“Sabem aquele poema que vai dizendo emparelhado: ou isto, ou aquilo, ou isto ou aquilo? Li esse poema em voz alta uma porção de vezes. Aí vi que ele combina comigo e com o Breno. Assim: se a gente brinca, não vende cocada e, se vai vender cocada, não pode brincar. Ou vende cocada e ajuda a mãe a pagar as contas, ou vai brincar e não ajuda. Não pode ficar sem ajudar, mas dá saudade de brincar. Como será que a gente faz?”

“As paredes estão cheias de retratos de meninos e meninas em tudo que é pose: vendendo amendoim, bala, até menino com um baita dum facão cortando cana, até menino com machado cortando lenha, até menino menor que o Breno arrancando um pé de mandioca enorme, até menino com a cara suja de carvão de mina, até menino com o olho furado de lascar pedra”.

“_ Ah, eu comecei pelo futuro.
_ Como assim?
_ É tipo começar pelo fim da história, entende? Assim: “Meu nome  é Luíza Almeida e meu apelido é Lúti. Sou professora diplomada, e leciono no Morro da Neblina. Ensino crianças a ler e escrever. Ensino direitinho, com cuidado, com jeito e com muita paciência. Acho que aprender a ler e escrever é umas das coisas mais incríveis que existem. Por isso, escolhi a profissão de alfabetizadora. Mas, olhem, não foi fácil, não. Vou contar tudo nas próximas páginas”.
_ Mas, Lúti,  você ainda está na terceira série!!!! “

A atividade “Encontro com o Autor”, realizada mensalmente na Barca dos Livros, tem o patrocínio dos Correios (abril de 2011 a março de 2012). O objetivo, como o nome diz, é propiciar um encontro prazeroso entre o autor e os leitores, através de um bate-papo sobre o livro, com narração ou leituras de histórias. Nos lançamentos, há vendas dos livros, com o autógrafo do autor.

Anúncios
Publicado em Nas águas da Literatura, Notícias por Barca dos Livros. Marque Link Permanente.

Sobre Barca dos Livros

A Barca dos Livros é uma biblioteca comunitária, mantida pela Sociedade Amantes da Leitura, com sede na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, que defende a importância da leitura para o desenvolvimento comunitário e individual. Desde o ano de 2009 é reconhecida como Ponto de Cultura. Tem como missão facilitar o acesso ao livro e à leitura através do atendimento diário e gratuito à comunidade, promovendo a formação de leitores e de mediadores de leitura. Funcionamento: Terça-feira a sábado, das 14h às 19h. Telefone: 48 3879.3208 Contribua com a Barca dos Livros! Banco do Brasil, Ag. 3185-2 – CC 13.058-3. CNPJ 06 022 478/0001-07. Beneficiário Sociedade Amantes da Leitura.

2 respostas em “ENCONTRO COM A AUTORA: ELOÍ BOCHECO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s