Espantosa história de Ruffus

Sugestão de Gizelle Kaminski Corso

O livro do catarinense Valdemir Klamt encanta a começar pelo título: Espantosa história de Ruffus (Nauemblu/Lábias, 2010) e não há como negar que surpreende logo a partir da primeira página, e, em hipótese alguma, decepciona até a última. Os emblemas da poeticidade são compostos lentamente, como quem não quer nada, como quem parece querer contar uma história simples, com palavras descomplicadas. E a história, como o próprio título nos faz desconfiar, é a história de Ruffus, um menino que gostava de vender laranja, e que só andava de bicicleta, era repetitivo, e constantemente esvaziava os pneus da bicicleta, porque, dizia, “vento velho dentro dos pneus faz mal à bicicleta” (s/p, 2010). Ruffus era do seu jeito, de cabelo vermelho, um menino “encantado pelas bobicinhas da vida” (s/p, 2010). E é assim que o narrador vai nos revelando as proezas e peripécias do rubro Ruffus, num tom que nos remete a retratos-fílmicos de personagens como “Amélie Poulain” [O fabuloso destino de Amélie Poulain, 2001] e Donnie Darko [Donnie Darko, 2001], por exemplo. A finura do ser estampada em palavras, em manias, em insanidades próprias do pensamento. O livro é bem “dosado” e as ilustrações, sob a responsabilidade de Fernando Lindote, não ofuscam o texto, e vice-versa. Estão ali, rabiscadas sutilmente, marcando presença-ausência, tanto dialogando quanto monologando com o texto. Se Ruffus “rabisca amor na maldade”, sua Espantosa história “rabisca” poesia em aparente simplicidade.

Título: Espantosa história de Ruffus
Autores: Waldemir Klamt e Fernando Lindote
Editora: Nauemblu/Lábias

Anúncios
Publicado em Nas águas da Literatura, Sugestões de Leitura por NEP. Marque Link Permanente.

Sobre NEP

O Núcleo de Estudos e Pesquisas da Barca dos Livros é responsável pela análise do acervo, planejamento, produção e execução de materiais de divulgação, análise e crítica de livros em diferentes suportes (jornais, internet, rádio, televisão) As ações do Grupo de Estudos e Pesquisas buscam estabelecer uma linha interdisciplinar entre a literatura e outras áreas, promovendo práticas leitoras voltadas para a natureza das múltiplas linguagens.

Uma resposta em “Espantosa história de Ruffus

  1. Pingback: Fevereiro na Barca dos Livros! | Notícias da Barca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s